Ir para o conteúdo principal

Frutos do mar resultam em boa saúde

Seafood and health (smiling man)
Fotógrafo: Marco Terranova

Os frutos do mar lhe fornecem mais do que apenas um coração forte, um cérebro inteligente e pernas e braços de aço.

Os efeitos mais importantes que os frutos do mar exercem sobre o seu organismo são um coração saudável, um esqueleto forte e um cérebro eficiente. Ofereça a você e a toda a sua família todos os benefícios listados abaixo através do fornecimento de refeições corretas.

  •  A vitamina D contida em peixes gordurosos parece apresentar um efeito preventivo sobre a diabetes tipo 2 e MS, as denominadas doenças auto-imunes, onde o sistema imunológico ataca as células ao invés de protegê-las. Pesquisadores ainda estão elaborando novos estudos sobre o assunto.
  • A vitamina D parece apresentar um efeito preventivo sobre certos tipos de câncer, tais como câncer de mama, câncer de ovário, câncer de cólon e câncer do reto. Pesquisadores ainda estão elaborando novos estudos sobre este assunto.
  • A vitamina A ajuda a lhe fornecer uma boa visão e um bom sistema imunológico. Ela também é importante para o desenvolvimento fetal e para a capacidade reprodutiva.
  • A vitamina B12 é importante para habilitar o seu organismo a formar novas células. Devido ao fato do organismo armazenar uma infinidade de células vermelhas, a deficiência de vitamina B12 pode causar anemia.
  • O iodo é importante para o seu metabolismo normal.
  • O selênio é importante para o seu sistema imunológico, pois age contra processos químicos danosos ao organismo. O selênio também protege o organismo contra poluentes ambientais, como metais pesados. 

Fontes: Cavalier et al: “Vitamin D and type 2 diabetes mellitus: Where do we stand?”. Cantorna: “Vitamin D and multiple sclerosis: an update”. Lappe et al: “Vitamin D and calcium supplementation reduces cancer risk: results of a randomized trial”. Norwegian National Council for Nutrition report: ”Dietary guidelines to promote public health and prevent chronic illnesses in Norway – Methodology and scientific knowledge basis”, chapter 30: “The effect of improved living habits”.